Ficha Unidade Curricular (FUC)

Informação Geral / General Information


Código :
02817
Acrónimo :
02817
Ciclo :
2.º ciclo
Línguas de Ensino :
Português (pt)
Língua(s) amigável(eis) :
Inglês

Carga Horária / Course Load


Semestre :
1
Créditos ECTS :
6.0
Aula Teórica (T) :
0.0h/sem
Aula Teórico-Prática (TP) :
24.0h/sem
Aula Prática e Laboratorial (PL) :
12.0h/sem
Trabalho de Campo (TC) :
0.0h/sem
Seminario (S) :
0.0h/sem
Estágio (E) :
0.0h/sem
Orientação Tutorial (OT) :
1.0h/sem
Outras (O) :
0.0h/sem
Horas de Contacto :
37.0h/sem
Trabalho Autónomo :
113.0
Horas de Trabalho Total :
150.0h/sem

Área científica / Scientific area


Psicologia

Departamento / Department


Departamento de Psicologia Social e das Organizações

Ano letivo / Execution Year


2024/2025

Pré-requisitos / Pre-Requisites


Ter uma licenciatura em psicologia (3 anos), ou estar a frequentar um mestrado em psicologia com formação inicial (3 anos) em psicologia.

Objetivos Gerais / Objectives


Esta unidade curricular pretende que o aluno adquira conhecimentos sobre diferentes metodologias, técnicas e provas de avaliação psicológica, usadas com crianças, jovens e adultos, de modo a desenvolver as competências necessárias ao exercício profissional da psicologia.

Objetivos de Aprendizagem e a sua compatibilidade com o método de ensino (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes) / Learning outcomes


No final desta UC cada estudante deverá ser capaz de: OA1: Identificar os principais modelos teóricos de avaliação psicológica. OA2: Conhecer as fases do processo de uma avaliação psicológica, em função dos objetivos e do contexto da avaliação. OA3: Possuir um conjunto de competências ético-deontológicas inerentes à prática da avaliação psicológica. OA4: Identificar e distinguir as principais metodologias, técnicas e provas de avaliação psicológica adaptadas ao contexto português, sabendo demonstrar a sua relevância e adequabilidade em função dos objetivos da avaliação psicológica. OA5: Ter competências gerais e específicas inerentes à prática da avaliação psicológica, essenciais para o exercício profissional da psicologia. A referir: planeamento de um processo de avaliação psicológica em função dos objetivos e contextos onde a mesma é efetuada; aplicação e cotação de provas psicológicas, análise integrada de resultados e elaboração do relatório psicológico.

Conteúdos Programáticos / Syllabus


CP1. A avaliação psicológica: modelos teóricos e considerações ético-deontológicas no exercício da AP. CP2. A avaliação psicológica enquanto processo: as fases da AP em função dos objetivos e contextos. CP3. Metodologias em avaliação psicológica: 3.1. A entrevista em avaliação psicológica: Modelos e abordagens da entrevista. 3.2. Observação em avaliação psicológica. 3.3. Especificidades da observação e da entrevista com crianças, adolescentes e adultos. CP4. A avaliação da Inteligência e de funções cognitivas: 4.1. Escalas de desenvolvimento mental da Griffiths. 4.2. Bateria de avaliação neuropsicológica de Coimbra. 4.3. Escalas de Wechsler. CP5: Avaliação socio-emocional e sintomas psicopatológicos. 5.1 Vinculação: medidas comportamentais e de representação - crianças, jovens e adultos. 5.2 Comportamentos internalizantes e externalizantes em crianças e adolescentes 5.3. Sintomas psicopatológicos em adultos. 5.4. Outras técnicas CP6: Relatórios de avaliação psicológica.

Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the curricular units content dovetails with the specified learning outcomes


Nesta UC os OA são concretizados em CP. Os OA 1 e 3 vão ser concretizados pelo CP 1. Os estudantes vão ter a oportunidade de aprofundar os seus conhecimentos sobre os modelos teóricos relativos à avaliação psicológica, e refletir sobre considerações ético-deontológicas. O OA 2 vai ser concretizados pelo CP 2, onde é aprofundada a avaliação psicológica enquanto processo, explorando as suas fases, em função dos objetivos e contextos da avaliação. Os OA 4 e 5 vão ser concretizados pelos CP 3 a 6, onde são trabalhadas metodologias e instrumentos de avaliação em diversos domínios: desde a Inteligência e funções cognitivas à avaliação socio-emocional e sintomas psicopatológicos, permitindo aos alunos o contacto com os mesmos, refletindo criticamente sobre a sua utilidade e ajustamento face aos objetivos de avaliação. São trabalhadas, ainda, as competências necessárias à elaboração de relatórios de avaliação psicológica, onde se integram os conhecimentos adquiridos.

Avaliação / Assessment


O/as aluno/as podem concluir a UC através de avaliação ao longo do semestre ou avaliação por exame. Na avaliação ao longo do semestre os alunos realizam um teste individual escrito (65%) e um trabalho de grupo (35%). Ficam aprovados os estudantes que tenham uma nota igual ou superior a 9.5 valores em cada elemento da avaliação. Na avaliação por exame, o exame escrito individual corresponde a 100% da nota final (nota mínima de aprovação 9.5). Tanto o teste, como o exame são presenciais. Não existem presenças obrigatórias nas aulas, no entanto, e considerando a organização desta UC, os alunos são encorajados a frequentá-la em regime de avaliação ao longo do semestre, ou mesmo que optem por realizar a UC por exame a frequentar regularmente as aulas.

Metodologias de Ensino / Teaching methodologies


Esta UC integra metodologias expositivas (modelos teóricos e conceitos chave), participativas e ativas: role-play, treino de aplicação de provas psicológicas e de cotação de protocolos, observação e cotação de vídeos, trabalhos de grupo. Nas aulas TP as metodologias mais expositivas são alternadas com as participativas e ativas. Nas PL as metodologias usadas são de carácter prático, participativo e ativo permitindo treino de competências específicas de avaliação psicológica fundamentais ao exercício profissional da Psicologia. Estão previstos trabalho autónomo, OT e supervisão dos trabalhos. As 113 horas de trabalho autónomo previstas destinam-se à leitura de textos de apoio às aulas e estudo para o teste (50 horas), à realização de exercícios em grupo e individuais de consolidação (20 horas), e à realização do trabalho de grupo que integra a avaliação ao longo do semestre (43 horas).

Demonstração da coerência das metodologias de ensino e avaliação com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the teaching and assessment methodologies are appropriate for the learning outcomes


As metodologias de ensino encontram-se alinhadas com os OA delineados. As metodologias expositivas, que integram as aulas TP permitem a concretização de todos os objetivos (OA1 a OA5), permitindo a aquisição de conhecimentos. As metodologias participativas e ativas, que integram as aulas TP e as PL, permitem o enriquecimento, consolidação e a aplicação de conhecimentos, assim como o treino de competências específicas de avaliação psicológica, possibilitando a concretização dos objetivos OA4 a 0A5. As horas do trabalho autónomo encontram-se alinhado com todos os OA. A realização do trabalho de grupo mobiliza a aplicação de metodologias e técnicas de avaliação psicológica, a análise e interpretação dos resultados, de uma forma integrada e a consequente elaboração de um relatório escrito, estando alinhado com OA4 e OA5. O teste individual encontra-se alinhado com OA1 a OA4.

Observações / Observations


Bibliografia suplementar será indicada aos alunos em temáticas específicas (consultar slides das aulas e materiais disponíveis no moodle). O horário de atendimento será disponibilizado na 1ª aula. Os estudantes poderão contactar os docentes para um atendimento sempre que necessitarem, devendo fazê-lo via email (marcação prévia obrigatória).

Bibliografia Principal / Main Bibliography


Férnandez-Ballesteros, R. (2011). Evaluacion psicológica: Conceptos, métodos y estudio de casos. Madrid: Piramide. Goldfinger, K. B. & Pomerantz, A. M. (2013). Psychological assessment and report writting (2nd Ed.). Los Angeles: Sage. Groth-Marnat, G. & Wright, A. (2016). Handbook of psychological assessment (6th Ed.). New Jersey: Wiley Machado, C., Gonçalves, M., Almeida, L., & Simões, M. (2011). Instrumentos e contextos de avaliação psicológica (vol. I). Coimbra: Almedina Saklofske, D.H., Reynolds, C., & Schwean, V.L. (2013). The Oxford Handbook of Child Psychological Assessment. Oxford University Press.

Bibliografia Secundária / Secondary Bibliography


Achenbach, T. (2019). International findings with the Achenbach System of Empirically Based Assessment (ASEBA): Applications to clinical services, research, and training. Child Adolescent Psychiatry Mental Health, 13, 30. Achenbach, T. (2020). Bottom-Up and Top-Down Paradigms for Psychopathology: A Half-Century Odyssey. Annual Review Clinical Psychology, 16, 1?24. Green, E. et al. (2018). Escalas de Desenvolvimento Mental de Griffiths - 3ª Edição. Hogrefe. Simões, M., Machado, C., Gonçalves, M., & Almeida, L.S. (Coord.) (2007). Avaliação psicológica: Instrumentos validados para a população portuguesa (Vol. 3). Coimbra: Quarteto., Simões, M. et al. (2003). Escala de Inteligência de Wechsler para Crianças. Terceira Edição (WISC-III). Adaptação, validação e estudo normativo para a população portuguesa. Hogrefe. Simões, M., et al. (2016). Bateria de Avaliação Neuropsicológica de Coimbra. Hogrefe Ordem dos Psicólogos Portugueses (2021). Código Deontológico dos Psicólogos Portugueses. Waters, E., Vaughn, B.E, & Waters, H.S. (2021). Measuring attachment. Developmental Assessment across the lifespan. Guilford Press.

Data da última atualização / Last Update Date


2024-07-18