Ficha Unidade Curricular (FUC)

Informação Geral / General Information


Código :
02818
Acrónimo :
02818
Ciclo :
2.º ciclo
Línguas de Ensino :
Português (pt)
Língua(s) amigável(eis) :
Inglês

Carga Horária / Course Load


Semestre :
1
Créditos ECTS :
18.0
Aula Teórica (T) :
0.0h/sem
Aula Teórico-Prática (TP) :
0.0h/sem
Aula Prática e Laboratorial (PL) :
12.0h/sem
Trabalho de Campo (TC) :
0.0h/sem
Seminario (S) :
24.0h/sem
Estágio (E) :
300.0h/sem
Orientação Tutorial (OT) :
1.0h/sem
Outras (O) :
0.0h/sem
Horas de Contacto :
337.0h/sem
Trabalho Autónomo :
113.0
Horas de Trabalho Total :
450.0h/sem

Área científica / Scientific area


Psicologia

Departamento / Department


Departamento de Psicologia Social e das Organizações

Ano letivo / Execution Year


2023/2024

Pré-requisitos / Pre-Requisites


Não existem.

Objetivos Gerais / Objectives


Esta Unidade Curricular tem por objectivo preparar e acompanhar o/as estudantes no contacto direto com práticas profissionais e formas de intervenção ligadas às competências desenvolvidas ao longo do curso. Deste modo, nesta UC pretende-se transmitir e consolidar um conjunto de conhecimentos e competências relacionadas com a prática profissional, ou a investigação nas áreas científicas do mestrado.

Objetivos de Aprendizagem e a sua compatibilidade com o método de ensino (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes) / Learning outcomes


O/a estudante que complete com sucesso esta UC deverá ser capaz de: OA1. Colaborar na definição dos objetivos e programa de estágio; OA2. Demonstrar interesses, capacidades de aprendizagem e de resposta perante as diversas situações suscitadas no estágio; OA3. Utilizar instrumentos teóricos, técnicos e metodológicos adequados à abordagem de problemas concretos nos processos de avaliação e intervenção psicológica e social; OA4. Demonstrar maturidade e competências interpessoais na integração profissional no estágio; OA5. Manter uma postura pessoal e profissional adequada; OA6. Mostrar respeito pelas normas internas da entidade que concede o estágio e outras condições acordadas com a instituição de acolhimento; OA7. Respeitar as normas de conduta ética congruentes com a prática da profissão de psicólogo; OA8. Analisar e refletir criticamente sobre as actividades realizadas no estágio; OA9. Elaborar um relatório de estágio de acordo com as regras estabelecidas no DPSI.

Conteúdos Programáticos / Syllabus


A natureza da UC não permite definir um programa com matérias concretas. Com efeito, mais importante do que a transmissão de novos conhecimentos, é procurar aplicar as competências já adquiridas de modo a alcançar o objetivo final de conclusão do estágio. Desta forma, a disciplina assenta no trabalho desenvolvido a nível individual e apresentado ao longo das sessões de orientação previstas nesta UC, quer individualmente quer em grupo. Não obstante a ausência de um programa no sentido tradicional do termo, deve referir-se que algumas das matérias constantes da disciplina compreendem, mas não esgotam, as seguintes: CP1. Ética e deontologia na prática profissional em psicologia. CP2. Intervenção em contexto multidisciplinar: processos de tomada de decisão. CP3. Comunicação, gestão de conflitos e relações interpessoais em contexto de trabalho. CP4. Participação em processos de avaliação/intervenção psicológica baseados em evidência. CP5. Elaboração de relatórios.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino e avaliação com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the teaching and assessment methodologies are appropriate for the learning outcomes


Como referido, esta UC não contempla um programa específico mas incide mais sobre a aplicação de conhecimentos adquiridos ao longo do curso. No entanto, é possível estabelecer alguma articulação entre os objetivos de aprendizagem e alguns dos conteúdos programáticos referidos. OA1- CP5, CP6 OA2- CP1, CP2, CP3, CP4,CP6 OA3- CP5, CP6 OA4- CP1, CP2, CP3, CP4 OA5- CP4 OA6- CP4 OA7- CP4 OA8- CP5, CP6 OA9- CP5, CP6

Avaliação / Assessment


A verificação do cumprimento dos objetivos de aprendizagem é realizada, exclusivamente, na modalidade de avaliação periódica, segundo os seguintes critérios: 1. Avaliação pelo orientador externo (20%; baseia-se na grelha fornecida pelo DEPSO) 2. Avaliação pelo orientador interno (75%; com base no relatório final de estágio). 3. Apresentação individual no seminário de estágio (5%). Datas de entrega de relatório ao orientador interno: 1ª Época - até 31/5/2024 2ª Época ? até 15/6/2024.

Metodologias de Ensino / Teaching methodologies


É uma metodologia predominantemente participativa e ativa, através da qual o/a estudante deverá conseguir aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos à resolução de problemas práticos que surgem no dia-a-dia da instituição de acolhimento. Implica, ainda, a apresentação e discussão pelo/a estudante do processo de trabalho desenvolvido na instituição nos Seminários de Estágio e no seu acompanhamento e orientação regular por parte dos docentes da UC.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino e avaliação com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the teaching and assessment methodologies are appropriate for the learning outcomes


O alinhamento entre cada metodologia de ensino e os objetivos de aprendizagem (OA) é realizado da seguinte forma: 1. Participativa: discussão de tópicos e realização de exercícios de reflexão e partilha de experiências pessoais de estágio quer em pequenos grupos, nos seminários de estágio, quer com o/a orientador/a interno/a, nas sessões de supervisão - OA 3, 5 a 10. 2. Ativas: resolução dos problemas práticos inerentes às atividades quotidianas da instituição de acolhimento de forma autónoma - OA1 a OA9 3. Trabalho autónomo: pesquisa bibliográfica, leituras e escrita de relatório de estágio - OA2, 4, 9 e 10. Esta UC assume que o/a estudante deverá completar no mínimo 350h de trabalho autónomo no seu local de estágio. Complementarmente, a frequência da UC subentende ainda 16 horas de contacto que correspondem a reuniões e apresentação do trabalho em pequenos grupos nos seminários de Estágio. Espera-se que as restantes 84h sejam distribuídas pelo contacto regular com o/a orientador/a interno/a, pesquisas e leituras recomendadas e a realização de um relatório final de estágio.

Observações / Observations


-

Bibliografia Principal / Main Bibliography


Bartholemew, L., Parcel, G., Kok, G., & Gottlieb. N. (2006). Planning Health Promotion Programs: Intervention Mapping. New York: John Wiley & Sons Inc. Buunk, A., & Van Vugt, M. (2007). Applying Social Psychology: From Problems to Solutions. London: SAGE Publications Ltd. Robson C. (1993). Real world research: A resource for social scientists and practitioners-researchers. Oxford:Blackwell. Reis, H. T., & Judd, C. M. (Eds.) (2000). Handbook of research methods in social and personality psychology.New York: Cambridge University Press. Wertlieb, D. (2002). Handbook of Applied Developmental Science: Promoting Positive Child, Adolescent and Family Development through Research, Policies and Programs. London: SAGE Publications Ltd. Regulamento de estágio.ISCTE-IUL Codigo de Conduta Academica Homologado. ISCTE-IUL Ordem dos Psicólogos Portugueses (2011). Código Deontológico da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Diário da República, 2.ª série, 78, 20 de Abril de 2011, 17931- 17936.

Bibliografia Secundária / Secondary Bibliography


Bunston, W., & Heynatz, A. (2006). Addressing Family Violence Programs: Groupwork Interventions for Infants, Children and Their Parents. North Melbourne: Royal Children's Hospital Education Institute. Ferrer-Wreder, L., Stattin, H., Lorente, C., Tubman, J., & Adamson, L. (2003). Successful Prevention and Youth Development Programs: Across Borders. New York: Springer Science & Business Media. Goodman, L., & Love, R. (1980). Project planning and management: an integrated approach. New York: Pergamon Press. G.140 Pro Holden, D., & Zimmerman, M. (2009). A pratical guide to program evaluation planning: Theory and case examples. London: Sage. S.113 Pra,1 LeCroy, C., & Mann, J. (2008). Handbook of Prevention and Intervention Programs for Adolescent Girls. New York: John Wiley and Sons Ltd. Lerner, R., Jacobs, F., & Ramsay, N., & Morrison, C. (2010). Youth Violence and Juvenile Justice: Causes, Intervention and Treatment Programs. New York: Nova Science Publishers Inc. Reis, H. T., & Judd, C. M. (Eds.) (2000). Handbook of research methods in social and personality psychology.New York: Cambridge University Press. Roberts, A. (2002). Handbook of Domestic Violence Intervention Strategies: Policies, Programs and Legal Remedies. New York: Oxford University Press. Smith, M. (2010). Handbook of Program Evaluation for Social Work and Health Professionals. New York: Oxford University Press. Tessmer, M. (1993). Planning and conducting formative evaluations. London: Taylor & Francis Ltd. Regulamento Geral de Avaliação de Conhecimentos e Competencias do ISCTE-IUL. Despacho nº59/2009 do Presidente do ISCTE-IUL

Data da última atualização / Last Update Date


2024-02-16