Ficha Unidade Curricular (FUC)

Informação Geral / General Information


Código :
00960
Acrónimo :
00960
Ciclo :
3.º ciclo
Línguas de Ensino :
Português (pt)
Língua(s) amigável(eis) :
Espanhol,Inglês

Carga Horária / Course Load


Semestre :
2
Créditos ECTS :
6.0
Aula Teórica (T) :
0.0h/sem
Aula Teórico-Prática (TP) :
0.0h/sem
Aula Prática e Laboratorial (PL) :
0.0h/sem
Trabalho de Campo (TC) :
0.0h/sem
Seminario (S) :
16.0h/sem
Estágio (E) :
0.0h/sem
Orientação Tutorial (OT) :
2.0h/sem
Outras (O) :
0.0h/sem
Horas de Contacto :
18.0h/sem
Trabalho Autónomo :
132.0
Horas de Trabalho Total :
150.0h/sem

Área científica / Scientific area


Políticas Públicas

Departamento / Department


Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas

Ano letivo / Execution Year


2021/2022

Pré-requisitos / Pre-Requisites


Não sendo requisito obrigatório, a realização da unidade curricular beneficia da frequência prévia da u.c., "teoria e história das políticas públicas"

Objetivos Gerais / Objectives


Apresentar aos estudantes algumas pesquisas exemplares assentes em modelos analíticos diferentes, que reflitam a relação entre Estado e Mercado no âmbito das políticas públicas em áreas sectoriais distintas.

Objetivos de Aprendizagem e a sua compatibilidade com o método de ensino (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes) / Learning outcomes


O estudante que complete com sucesso a unidade curricular será capaz de: a) mobilizar para a explicação e análise das políticas públicas diferentes modelos analíticos; b) Explicar padrões de mudança e configurações singulares das políticas públicas em áreas sectoriais distintas; c) Comparar a forma como diferentes modelos de análise estabelecem nexos causais distintos na relação entre Estado e mercado

Conteúdos Programáticos / Syllabus


1. Atitudes, Preferências e Prioridades nos Estados de Bem-Estar (ODS#3) 2. Boa Governança e Responsabilidade (ODS#16) 3. Novos Riscos e o Estado de Bem-Estar: A transformação do Estado de Bem-Estar em Europa (ODS#10) 4. Legitimidade Política e Estado de Bem-Estar: Solidariedade Política (ODS#16) 5. Globalização, Mudança Tecnológica e Emprego (ODS #8) 6. Direitos e Responsabilidades na Prestação de Políticas Públicas (ODS#16) 7. O Futuro do Estado de Bem-Estar (ODS#17)

Demonstração da coerência das metodologias de ensino e avaliação com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the teaching and assessment methodologies are appropriate for the learning outcomes


Nesta unidade curricular a concretização dos conteúdos programáticos ocorre ao longo de todo o programa, através de exemplos concretos de análise da relação entre Estado e mercado na provisão de políticas públicas nas diversas áreas. Os objectivos são alcançados através da leitura e a análise crítica de um conjunto de artigos

Avaliação / Assessment


A modalidade de avaliação é contínua, realizada em dois momentos: num primeiro momento os alunos farão uma apresentação na aula, em grupo, e num segundo uma análise crítica de um artigo científico dos selecionados pela docente na área dos ODS. O primeiro momento corresponde a 40% da nota final, enquanto o segundo corresponde a 50%, sendo os restantes 10% resultantes da participação nas aulas.

Metodologias de Ensino / Teaching methodologies


Todas as aulas são teórico-práticas, consistindo na discussão e análise dos livros.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino e avaliação com os objetivos de aprendizagem da UC / Evidence that the teaching and assessment methodologies are appropriate for the learning outcomes


A metodologia adoptada ajudará os alunos a desenvolverem modelos analíticos adequados aos seus projectos de dissertação, ao mesmo tempo que os socializará com as discussões quer teóricas, quer empíricas. Através da análise de um conjunto de livros será possível integrar o domínio teórico com a sua aplicação prática, em estudos de casos.

Observações / Observations


O horário de atendimento do docente é às terças-feiras, entre as 15 e as 18 horas.

Bibliografia Principal / Main Bibliography


Chung, H., Filipovi? Harst, M. and Rakar, T. (2018) Provision of Care, Whose responsibility and Why? in Taylor-Gooby, P. and Leruth, B.. Truby, J. (2020). Governing Artificial Intelligence to benefit the UN Sustainable Development Goals. Sustainable Development. 2020; 1?14. Asensio, M. (2021). The Political Legitimacy of the Healthcare System in Portugal: Insights from the European Social Survey. Healthcare. Vol. 9 (202). Evropi-Sofia, Dalampira and Stefanos A. Nastis. (2019). Mapping Sustainable Development Goals: A network analysis framework. Sustainable Development. 2019;1-10. Anis Omria,B, Nejah Ben Mabroukc,D. (2020). Good governance for sustainable development goals: Getting ahead of the pack or falling behind? Environmental Impact Assessment Review, vol. 83. Taylor-Gooby & Benjamin Leruth eds. (2018). Attitudes, Aspirations and Welfare. Social Policy Directions in Uncertain Times. London: Palgrave Macmillan.

Bibliografia Secundária / Secondary Bibliography


Bent Greve. (2006). The Future of the Welfare State. European and Global Perspectives. Hampshire: Ashgate Publishing Limited. Rolf Solli, Barbara Czarniawska, Peter Demediuk, Dennis Anderson (2021) Searching for New Welfare Models: Citizens' Opinions on the Past, Present and Future of the Welfare State. Peter Taylor-Gooby. (2009). Reframing Social Citizenship. Oxford University Press. Gareth Davies (2018): Has the Court changed, or have the cases? The deservingness of litigants as an element in Court of Justice citizenship adjudication, Journal of European Public Policy, DOI: 10.1080/13501763.2018.1488881 Peter Dwyer. (2000). Welfare Rights and Responsibilities. Contesting Social Citizenship. Bristol: The Policy Press. Taylor-Gooby, P. (2017). Re-Doubling the Crises of the Welfare State: The Impact of Brexit on IK Welfare Politics. Journal of Social Policy 46, 4: 815-835. Bo Södersten (2004). Globalization and the Welfare State. New York: Palgrave Macmillan. Mishra, R. (1999). Globalization and the Welfare State. Edward Elgar. Chen et al. (2014). Globalization and the Future of the Welfare State. Policy Paper Series, n.º 81, Germany: Institute for the Study of Labor. Mergela, I., Edelmannb,N., Haug, N. (2019). Defining digital transformation: Results from expert interviews. Government Information Quarterly. Taylor-Gooby, P. (2005). Ideas and Welfare State Reform in Western Europe. New York: MacMillan. Peter Taylor?Gooby (2007) Trust and Welfare State Reform: The Example of the NHS. Social Policy & Administration, Vol. 42, No. 3, June 2008 Chung, H., Taylor-Gooby, P. & Leruth B (2018) Special Issue on Political Legitimacy and Welfare State Futures. Social Policy & Administration. 52(4). Maurício Goudinho Delgado & Vasconcelos Porto. (2018) O Estado de Bem-Estar Social no Século XXI. Brasil: Câmara Brasileira do Livro. Peter Taylor-Gooby, Jan-Ocko Heuer, Heejung Chung, Benjamin Leruth, Steffen Mau And Katharina Zimmermann (2019). Regimes, Social Risks and the Welfare Mix: Unpacking Attitudes to Pensions and Childcare in Germany and the UK Through Deliberative Forums. Taylor-Gooby, Peter, Hvinden, Bjørn, Mau, Steffen, Schoyen, Mi Ah, Gyory, Adrienn (2019) Moral economies of the welfare state: A qualitative comparative study. Acta Sociologica, 62 (2). pp. 119-134. Charron, Nicholas, Lewis Dijkstra, and Victor Lapuente. (2015). Mapping the regional divide in Europe: A measure for assessing quality of government in 206 European regions. Social Indicators Research 122 (2): 315?346. Tom Christensen & Per Laegreid. (2020). "Balancing Governance Capacity and Legitimacy: How the Norwegian Government Handled the COVID-19 Crisis as a High Performer". Public Administration Review, Hsin-Hui Wang, Zuway-R Hong & Huann-shyang Lin & Chun-Yen Tsai (2020). The relationships among adult sustainability attitudes, psychological well-being, nature relatedness, and interest in scientific issues. Current Psychology. https://doi.org/10.1007/s12144-020-00708-1 Taylor-Gooby, P., Hvinden, B., Mau, B.,Schoyen, M.,Gyory, A. (2019). Moral economies of the welfare state: A qualitative comparative study. Acta Sociologica, vol. 62 (2), 119-134.

Data da última atualização / Last Update Date


2024-02-16